aos dias de pôr, próxima aos do nascer

sábado, 29 de maio de 2010

Pensando em Seres...


Talvez seja mais uma sólida e macia escada.
Pensar naquele mundo sem vida
Sem alma, sem ventos, sem gravidade, sem sombras...
Vá imaginando...
Um deserto sem temperaturas, sem areias, sem terra, sem cometas.
Imagine um universo sem respiração, sem poder...
Agora que está tudo deserto
Imagine você no meio do nada
Imagine o nada sem o nada
Agora sente nesse lugar que não existe
E aproveite para fazer nada já que não pode respirar
Logo, sem riscos de contaminação.
Faça nada, assim não terá chance de errar... Aproveite!
Não existe nada!
Coma todos os nadas, assim não irá usufruir da gordura “trans”.
Viva nesse nada!
Corra! Não irá sofrer taquicardia... Não há respiração!
Aproveite para falar de todos, não existem ninguém no nada.
A fofoca não irá se espalhar...
Estude todos os livros nadas!
Assim será o mais poderoso e não haverá
Ninguém mais inteligente que você!
Aposte uma corrida com o nada, aproveite o primeiro lugar.
Não há competidores...
Faça um concurso no Tribunal do Nada, parabéns você PASSOU...
Aposte na loteria do nada,
Imaginou o nada?
Assim, não haveria vida.
Alcançar o equilíbrio entre viver .
Não limitando-se a existir.
É um grande desafio da humanidade
Para não existir perdedores
Não tem de haver concorrente.
Para não morrerem de obesidade
Não tem de existir comida.
Para você se decompor, basta não existir gravidade,
Respiração e processos biológicos e mais uma série de fatores...
Para decompor-se, diga sim ao nada!
Mas se fores debochar,
Deboche no nada
Assim não magoará ninguém
E você, certamente será um nada!

Nenhum comentário: