aos dias de pôr, próxima aos do nascer

sábado, 29 de maio de 2010

Pensando em Seres...


Talvez seja mais uma sólida e macia escada.
Pensar naquele mundo sem vida
Sem alma, sem ventos, sem gravidade, sem sombras...
Vá imaginando...
Um deserto sem temperaturas, sem areias, sem terra, sem cometas.
Imagine um universo sem respiração, sem poder...
Agora que está tudo deserto
Imagine você no meio do nada
Imagine o nada sem o nada
Agora sente nesse lugar que não existe
E aproveite para fazer nada já que não pode respirar
Logo, sem riscos de contaminação.
Faça nada, assim não terá chance de errar... Aproveite!
Não existe nada!
Coma todos os nadas, assim não irá usufruir da gordura “trans”.
Viva nesse nada!
Corra! Não irá sofrer taquicardia... Não há respiração!
Aproveite para falar de todos, não existem ninguém no nada.
A fofoca não irá se espalhar...
Estude todos os livros nadas!
Assim será o mais poderoso e não haverá
Ninguém mais inteligente que você!
Aposte uma corrida com o nada, aproveite o primeiro lugar.
Não há competidores...
Faça um concurso no Tribunal do Nada, parabéns você PASSOU...
Aposte na loteria do nada,
Imaginou o nada?
Assim, não haveria vida.
Alcançar o equilíbrio entre viver .
Não limitando-se a existir.
É um grande desafio da humanidade
Para não existir perdedores
Não tem de haver concorrente.
Para não morrerem de obesidade
Não tem de existir comida.
Para você se decompor, basta não existir gravidade,
Respiração e processos biológicos e mais uma série de fatores...
Para decompor-se, diga sim ao nada!
Mas se fores debochar,
Deboche no nada
Assim não magoará ninguém
E você, certamente será um nada!

Pontuações...



Sugiro que os seres humanos pensem mais
Ou que, ao menos pensem, aproveitem esta capacidade!
É verdade que as pessoas não respiram mais...
Observem um dia chuvoso, entrem nas partículas da água.
Fazer análises, faz você  refletir, faz viver. É saudável!
As pessoas se sufocam com as outras pessoas, é normal?
É preciso um ser ir embora para valorizar sua existência?
Não necessitamos falar o tempo todo, o silêncio é magnífico.
Nele, você acomoda sua mente, as sinapses se encontram,
O equilíbrio dos movimentos respiratórios necessita de paz
Sim, paz interior da qual nosso instinto se alimenta.
Muita sufocação está  acontecendo? Certamente.
Firmar os pés, guiar-se baseado na essência, na ética, na sabedoria.
Seja mais simples e encantador para o seu íntegro!
Faça o seu cérebro trabalhar: “não fale dos outros”
Seja você, e não demonstre ser.
A leveza de uma consciência e transmitida às suas atitudes!
Logo, eduque pelo certo que suas decisões serão saudáveis.
Hoje e sempre: preserve!
Preserve seu caráter, preserve sua existência...
Preserve a Vida! 

Observações...

Aprofundava-me em sua alma, percorreria todo o teu ser,
Descobriria lugares jamais desvendados por qualque partícula
Eu sou o teu ser, sou o teu refúgio.
Sou tudo aquilo que você quer
E sou também a maior prova de fraqueza
Hoje mantenho minha eterna construção
Viver com tua alma e penetrar no teu íntegro
Meu sofrimento se espalha na minha circulação
Perco as forças pensando no meu fracasso
Mas, respiro e sigo em frente olhando tuas fotos.
Poses de um educado e um tanto cauteloso
Sou teu poder, sou tua luz, deixe-me te guiar...
O caminho consiste na fragrância da nossa existência,
Apenas fizemos uma breve parada
Estamos respirando, muito cansados.
Abra os braços, não tenha medo.
Siga o som, diga sim...
Faça o mínimo: envolva-me
Neste momento, antes que eu siga as trevas...
Nada é mais sufocante do que viver sem sua plenitude,
Nada é mais desafiador do que minha própria essência
Prometo seguir essa história até o fim
É uma batalha sangrenta, muitos vão subir...
Os bons irão nos ajudar,
E eu jurarei Amor Eterno...

Equilíbrio.



O que será existir?
Turbulências e desatinos, tudo baseado em sentimentos.
Um destino desafiador e apavorante,
Entregar-se, dizer sim, e mencionar: amo-te!
Desatino, abismo errante e tudo que quiseres...
Imagens e vozes,
Ilusão e sopros,
A batida da harmonia em rostos...
A visão do infinito,
O assombro pelos Deuses mais lindos.
A essência protetora
Vagões pelos ares
E erupções, sim erupções.
Um vulcão de partículas desgovernadas
Energias que tumultuam as visões
Concentração de cargas nas tempestades
Nada de equilíbrio
Sem foco, sem rumo...
Apenas seguindo a energia
Nas direções desconhecidas
Chegando a lugares mirabolantes
Conversando com elementos
Desafiando a sincronia das aves
E entregando-se ao amor...
Criação e loucura
Canções inéditas
Fórmulas sem elementos
Composição sem regras
Fatos e recordações
Lembranças...
Descrição essa denominada de existência
Destinada às perguntas
E eternamente, não obtendo respostas,
Nesse cosmo, o chamado amor...

Existência.


O que uma pessoa foi, pesa-se em análise de caráter...
O que sou, meramente constituição de meus passos e atitudes.
O que realmente sou, raros são os que desvendam...
O Ser Humano é algo extraordinariamente fabuloso,
Um ser que merece ser desvendado,
Possui caminhos e labirintos que poucos conhecem...
Ele desafia, pensa, questiona e decepciona.
Ele é tão complexo que age através de fatos que ocorreram
E consegue vingar-se de maneira espetacular
Um ser para estar no mundo, exige-se caráter!

Susurros...


Indiscutível e temível
Observando teus passos
E as poucas palavras que disse
Com o trânsito do tempo
Hei de me refazer nesse mundo
Hoje sou cacos, mas recicláveis.
Aproximarei minha essência perdida
Meu espírito voltará pro meu corpo
Sentirei minha voz te chamar
E teu sussurro irei escutar,
Peço a Deus que aconteça a tempo
Antes da minha despedida
E da minha subida
Uma visita ao Senhor
Ou não...