aos dias de pôr, próxima aos do nascer

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

gene egoísta

humano: máquina de sobrevivência egoísta
não sou um, trabalho pelos meus gens
me afundo em reflexões densas
fórmulas matemáticas,
em análise dos que falam...

não existem mais conceitos delicados
humano: decifre suas bases nitrogenadas
o gene é quem comanda, o meio abastece!
perpetuar-se em rigor do mimestismo, um ser...

qual é a máquina mais eficaz?
foi um dia a camuflagem...
processo competitivo apurado
no resgate e no abuso
subiu no teu próprio habitat, crueldade!

Nenhum comentário: