aos dias de pôr, próxima aos do nascer

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Largue o sonho

Solte o meu sonho
deixe-o sair
saio de mim
e ele fica sonhando por ti

E aquele nosso sonho
já se foi por ai
levou somente teu corpo
e teu espírito: jogado em mim

Conduza esse meu sonho
e direciona esse teu corpo
bem fora de mim!

Solte o sonho
e suma de mim...

2 comentários:

Suzi disse...

.

Sonhos desgastados libertos para se começar novamente, pois que sempre devemos sonhar... faz parte do SER.

Sonhos sempre renovados. Desejo!


Te beijo com carinho, linda flor.

.
.

Rose disse...

"qué lindo que soñar...
soñar no cuesta nada...
soñar e nada más...
CON LOS OJOS ABIERTOS..."

bjos Baby...cada dia mais triunfante nos teus poemas!