aos dias de pôr, próxima aos do nascer

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

noutro Lugar


Confirmo até meus últimos dias
aqui nessa Terra:
a eternidade do que disse

e naquele outro Lugar
estarei padecendo
sobre os teus sorrisos
e continuarei crendo
nessa Eternidade...

não é um sabor
possui todos os gostos
de desejos
que nunca
serão saciados
pelos meus Sentidos
e talvez,
lá adiante:
nem pelos teus!

nos falamos por lá...
aonde: nem sei
e nem também se quero


a gente se encontrou cedo demais...
culpar minha pressa?
Jamais, não mais...
 
afinal, quando avistei o teu Ser
Eu já não controlava
nem a mim mesma...

2 comentários:

Anônimo disse...

encontro minha vida lendo o teu blog...

SolBarreto disse...

Lindo...se encaixa comigo...

"a gente se encontrou cedo demais...
culpar minha pressa?
Jamais, não mais...

afinal, quando avistei o teu Ser
Eu já não controlava
nem a mim mesma... "