aos dias de pôr, próxima aos do nascer

domingo, 3 de outubro de 2010

Paixão por aqui



Paixão de impulso
Que me pega e revira desejos
Retorce minhas vontades
Esmaga e atira naquele canto

Paixão que eu sinto
Espreme o que for beijo
E suga toda intensidade
Me calando em movimentos

Paixão da minha vida!
Somente essa em viver contigo
Não sai nada de imperfeito
Flutuando no que sinto...

Paixão por aqui
hibernando o que foi
escrevendo um novo poema...

2 comentários:

Maria Janice Vianna disse...

Gostei dos teus escritos. Parabéns.

Emília, disse...

Bom Dia Camila!!
Forte as suas palavras,talvez como o própria "paixão".
Como dizia Platão"Todo homem é poeta quando está apaixonado."
Uma semana de paz e muita paixão para vc.
Emília