aos dias de pôr, próxima aos do nascer

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

minha pós: trocar de canal


Estou me graduando em existir
porque eu tento nascer
sentar num sofá
grudar um glúteo
me acomodar
mas, creio em mim:
trocar de canal e sair do ar

Estou especialista em aproveitar
porque sou de momento
danço o som do chiado 
do canal errado
tento ajustar minha antena
mas eu não tenho bombril esfiapado!

Eu e minha pós
pra cursar
somente após
desconectar minha emissora
te beijar num canal de TV
e deixar sair na impressora!

Um comentário:

AFRICA EM POESIA disse...

CAMILA
VAMOS CAMINHANDO....

esta solidão É apenas...POESIA...
um beijo


SOLIDÃO


O que é afinal a solidão?
Solidão será que é estar só?
Solidão será afinal o quê?

Solidão é sentir que estou só
Mesmo só, mesmo tendo muita gente
Gente que me rodeia mas não a vejo...

E assim a solidão entrou aqui
Entrou e resolveu fazer do meu eu
A sua morada permanente.

E a solidão que é mesmo solidão
Está no meu coração e dói...
Sinto-a mesmo estando rodeada de gente

E então penso como combatê-la
Como parar esta solidão que aleija
Fecho os olhos e penso que ao acordar...

A solidão partiu para sempre
E foi procurar outro peito, outro eu
Para poder morar...

E ao sonhar
Tenho a Esperança
De não mais
Sentir a solidão...


LILI LARANJO