aos dias de pôr, próxima aos do nascer

segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Cadê minha lista de 2011?


Preciso me abandonar, urgente: 2011 “mudou” data e eu não fiz listinha de pedidos. Ótimo, a culpa sentou no sofá meio que em atraso. Mas não faço e nem farei, fico sem lista. Apenas, desejo-me paz e que o meu corpo continue pedindo um abandono. Digo isso porque talvez nunca tenha desejado o que sempre aspirava aos outros. É sempre a paz para o povo e o mundo e que nosso planeta seja salvo das mãos humanas. Quero livrar meus ouvidos da importância à melhor roupa, o melhor poema para o ano novo, às melhores frases para 2011, às programações para o final de semana, às melhores respostas e argumentações para quem lhe ofendeu, às atualizações do blog, a contagem regressiva para o brinde: deixo-me em paz comemorando segundos antes ou horas depois. Quero queimar algumas calorias do peso da culpa e por um acaso se eu venha a ficar mais leve, pretendo resgatar meus amigos não somente para me fazerem de bengala e colocarem meus pés no chão, mas também para que juntos possamos saber qual vento é o mais eficaz e assim, quem sabe, viajar no mesmo elemento! Quero me deixar em paz e devo fazer isso, eu consigo abandonar comentários de peso, idade e cobranças de “arranjar” um namorado. Eu mereço a paz, eu me escrevo e digo: livrai-me de autoavaliações e da demora que tenho em me perdoar. Livrai-me de rótulos que me descaracterizam em comportamentos e que eu tenha paz suficiente para não guerrear com minha essência numa luta de adequação e ao mesmo tempo de liberdade. Ah! Se eu tiver que fazer um pedido que não me envolva, peço: ajudar aos outros e distribuir a solidariedade e que esse meu abandono não deixe as pessoas na paz de um esquecimento. Agora, depois da minha paz, desse largo desleixo e abandono da sufocação humana, pergunto: por onde se começa a fazer tudo isso?

Estarei nas mãos da estrada em instantes e se sobrar lugar na mochila: levarei meus pés.

Ótima semana a todos. Ahhhhh, e Paz pra todo Mundo!

2 comentários:

Rose disse...

Oi Milinha, paz pra nós!
E boa viagem!!!
Volta logo!

Bjo!

orvalho do ceu disse...

OI, Mila
Passo,com calma,pra desejar-lhe um Novo Ano cheio de paz e prosperidade em todos os sentidos...
Cheguei ontem de viagem...
As minhas férias foram deliciosas... Junto à família tudo é bom demais!!!
Bjs com gostinho de início de ano