aos dias de pôr, próxima aos do nascer

sábado, 22 de janeiro de 2011

eu e tu tu tu


 
Que quando quem
Te tive e toda
Eu era errada
E tu também toda torta

Que quando quem
Te tive tanto
Nós nunca negamos
Aquele amor acabado

Foi forte o fim
Que quando quem
Éramos eternas e errantes
E Enlouquecida e etc

Que quando quem
Ligo lembrança
Desligo do dia
Dormindo diariamente
Doente doida de dins!

Nenhum comentário: