aos dias de pôr, próxima aos do nascer

terça-feira, 23 de agosto de 2011

desabafo de uma Bê"u"bada

Esse desabafo foi escrito aos goles de algumas porcarias inspirado na perda das nossas melhores porcarias da vida, daquelas porcarias que não sabemos valorizar quando estão ao nosso lado, quando estão nos amando com tudo aquilo que não conseguimos sentir... Com todo amor que existe na presença de duas pessoas.



Eu quero me snetir cmo se não tivesse me crido ainda. Eu qeur ser o rpinciiode uma explosão,sabe é divino quereer ser o começode muitas cisas e dentro dela o começo de quem amar, isso mesmode quem escolher para dividir uma cama e a mesmac escova de dente digo a vocês: vocês tem que estarem se sentidondo completas e gozadas também. Eu quis esvaziar esse meu corpor, tirar odo o vento das minhas veias e todo o sangue do meu coraççao, mas n consegui, verdade eu tentei ficar menos que umapoeira,mas eu voei longe muitolonge  e fui parar nos teus braços.puta merda, estou me educando a falar palavrões sabe por que?porque é uma sacanagem se doar totamente auma pessoa er você receber uma puta de uma blusinha de marca que não sebe qual é, porque se você ama vce inferniza, corre atrás, faz do seu coração um massacre  e de suas veias legitimas mangueiras de jatos de óleo esencial, se voceama vocenem ai para os outros, você falar, ri, dapum e ainda goza somente ao estar com aquela pessoa.mas te digo: puta merda, mal trata meus amigos: eu te cago de pau somente com um okhar mesmo sabendo que n terei força nenhuma para tal ação, mas o brilho diante de um amigo ´o mai honroso côo que o hino naional. Tud bem , pode ser que eu esteja pegando pesado, mas se  você é minha parte carnal e eu tamém, fala sério: quem seria a pessoa mais adequada para eu resmungar?? Pronto, essa noite eu engoli todas aas cervejas e o martini eu deixei para a nossa despedida, essa noite eu não fumei mais aquele cigarro que me ensinou a traguear, pois eu achei ridículo sentir tanta coisa ruim num ouro dia, então eu retornei a beber:> e digo va se fuder!!! Não valorizou meus passsos, pisadas e nem meu vvo nos teus braços, não ergueu pipass e nem paraquedas, digo: estou voando que nem um pássaro morto pode ser que eu enxergue mais coisas la de cima e que você ai embaixo se dedique a plantar bananas. Eu achava que era um ser atrofiado e que não sabia inventar sensações, pensava ser a imperfeita,impura e desnesta, percebi que era boa demais cm você quando o meu único amigo me disse: por que você faz todo por aqulela pessoa: sabe, e respondi: porque eu amo, mas fiquei me questionando até que ponto a gente ama sozinha, se amor for aquilo eu não quero mais amar e simplesmente viver de uma outra formas, parece que curit a vida foi uma melhor opção e se algum dia eu tiver um filho, somente o destino para fazer eu amamentar uma tamanha responsabilidade de alguém que não soube lidar como se sentir amada de um jeito incompleto. O branco no preto, o cor sim e o não, o amarelo na água e o vermelho e o coração, tem que ter vibração e vc ficar doemte de febre e girar e gritar e ranger e  se estraçalahr em pdeaçoes, e aqulea poeira que sobe vc fica olhando esperando ela baixar, mas no fundo vc se pergunta: quem eh q exlica a porcaria de um amor: ?? ninguém, vc n deve amar incompleto, é oitto ou oitentea: eu desisiti de receber a metadde, sendo que toda minha parte corpórea já foi entrege por sdex! Eu me apunhalei pelas costas e da minha frente entreguei nas tuas mãos, eu já me fiz de pandorga e do meu voo e não fiz nada porque as asas foram entregues no dia em que  a  gente se cnheceu. Me apunhalei por todos esses dias, dei o melhor e me rasguei no final. Nem costura e nem cicatriz pra guradra nada eu so quero o meu coração de volta e nada mais, ele sabe bater sozinho!!!

Nenhum comentário: