aos dias de pôr, próxima aos do nascer

terça-feira, 12 de junho de 2012

orgasmo

amor, o toque
o quão forte
que a distâncisa exibe
seduz e ir
amar sem fingir
o orgasmo.

amor, o toque

o quão fraco
que a distância exibe
dá e volta
amar sem fingir
a saudade.

se namorado, se namorada
se ninguém ou alguém
o que vale
é o amor não visto, primeiro
dentro de si.

Nenhum comentário: