aos dias de pôr, próxima aos do nascer

sábado, 2 de junho de 2012

top mulheres mais bregas

Top mulheres mais bregas

Alguns coneitos encontrados na internet sobre o termo brega: é tudo aquilo considerado deselegante, cafona, fuleiro e de mal gosto. O termo foi usado originalmente na música, mas foi ao longo do tempo extrapolado para o modo de ser.

Assim, nasceram criaturas cujas vidas se confundiram inteiramente com o “modus vivendi” brega:
1- Cabelos incrivelmente coloridos (sim, a ex-deputada Esther Grossi foi Brega), de preferência rosa - choque;

2- Roupas absurdamente espalhafatosas;

3- Caras, bocas e gestual exagerados;

4- Personalidades esquizóides orbitando ao redor de um dos gêneros, gótico, sado-masoquista, depressivo, dark, tribal, maluco-beleza, era de aquário, andrógino, etc. – em suma, as pessoas bregas podem apresentar comportamentos altamente não recomendáveis em sociedade.

 Baby Consuelo.
Foi a grande maluca beleza da música POP nacional dos anos 80, uma verdadeira versão de saias do Raul Seixas, que explorou um looking absolutamente astral, mas brega até a alma. 




Rita Lee.
Já nasceu brega por obra da sua reduzidíssima capacidade vocal. Talvez graças a isto, teve que batalhar sob a sombra de um personagem bizarro.


 Regina Casé.
Depois do seu caso remotíssimo com Caetano Veloso nos tempos da tropicália, quando foi considerada por ele como a Camaleoa digna de raptá-lo, muita água rolou embaixo da ponte, até que a Regina Casé ganhasse o posto de mulher mais mal vestida do país, ou seja, uma das nossas maiores celebridades brega.

.

Cicciolina.
De atriz de filmes pornô a Deputada da Itália, foi uma longa caminhada de breguisse da Cicciolina ao estrelato mundial. Com seu guarda roupa extravagante e o seu modo de ser porno-social, ela reinou absoluta em meio aos escândalos dos anos 80.


Elke maravilha.
A russa, que já é extravagante no nome, Elke Giorgierena Grunnupp Evremides, inventou o brega, patenteou, cobra royalties e abre franquias.


Nina Hagen
A extravagante cantora alemã, que chegou a meter um Hit nas nossas paradas de sucessos dos anos 90, ficou mais famosa por seus modelitos de mau gosto e o rato tapa sexo que usava nos shows, do que por seus dotes musicais.


Kelly Osbourn.
Ozzy Osborn, um dos maiores cantores de rock de todos os tempos que atuou numa das melhores bandas de rock de todos os tempos, o Black Sabath, teve um grande Karma: uma filha cantora pop brega absolutamente medíocre. Depois disto, o cara nem precisa mais ir para o inferno por causa dos pintos e morcegos sacrificados no palco em nome da bizarrice roqueira.


Amy WineHouse.
.

Cher.
A “hour-concours” mundial da breguisse de todos os tempos é, sem dúvida nenhuma, a atriz Cher, quer seja pelas roupas, quer pelo resto da sua obra musical e dramática. A Top 1 merece duas fotos:




Nenhum comentário: