aos dias de pôr, próxima aos do nascer

sábado, 25 de abril de 2015

Lígia, feliz aniversário!



Lígia, a linda vinda
há 36 anos, ser bem-vinda
Vindo, vindo…
veio que veio
aqui fica
a que ficou assim:

Assim com teus sinais estelares
que flamejam o prumo no olhar tênue
teus olhos, Lígia, lantejoulas purpurinadas
eles são felizes,
batem palmas, abrem e fecham
sem precisar piscar muitas vezes

Assim com a constelação firme da terra
cintilam os sentidos de senti-los
do terreno abalizado do teu olho acobreado

E a estrela do cruzeiro do sul,
do céu azul
és tu, Lígia, num reflexo do olhar
daqui debaixo
daqui da terra
daqui de nós


Teus olhos espelhados que refletem
um bom olhado de ser feliz e
mais nada de mais
apenas ajuízam as coisas que olha

Lígia, que vinda Linda!
como emana uma cor esmaltada
e não oculta a felicidade, a forma
o teu feitio de ser assim: feliz, feliz
e assim…
brilhar cada vez mais,
a cada ano a mais!

Parabéns, Lígia
Feliz Aniversário,
Hoje, envelheceu em Santiago!

Nenhum comentário: