aos dias de pôr, próxima aos do nascer

sexta-feira, 24 de julho de 2015

Reapaixonar


que a vida é assim
alva e artística
pacata i abusada
sexual y virgem
que a vida que é assim
de quem é sexual
também já virginizou
e quem virgina
um dia,
sairá da vigília

o que eu quero dizer
que a vida que é assim?
ora,
é assim
cheia e vazia
e quanto mais vaga
mais farta
quanto mais intima
mais puri
mais virgindade
mais virgo
mais viga
mais vida
isso
que a vida que á assim Vida
é mais
vinda do que qualquer volta
da terra

que a vida é assim
paixão e tempo
apaixonar-se
se no tempo que faz frio
que a vida é assim?
não seria tão gelo


que a paixão é assim
o tempo que há o amor
este também reapaixona
o mesmo sentimento
perdidas ''vez''

que é assim,
quem ama,ama?
lhúfas que no há
quem ama,
reapaixona
reaproxima
redescobre
revive
reapaixona
reata
relata o gosto
e desgosto
mas relata
o excesso
a falta


que a paixão,
que é assim
de quem reapaixona
e reencaixa
o que já existe


e essa história
de primeiro a paixão
e na segunda, o amor

= puta que pariu =

a história é a seguinte
o que nasce amor
é a coisa do
reapaixonar
pelo mesmo nascimento

3 comentários:

Anônimo disse...

Depois de Las Taradas,
a inspiração rendeu!

Anônimo disse...

O que rende são os teus fãs!

Anônimo disse...

Os três poemas de Camila

http://www.jcsgarcia.blogspot.com.br/2010/11/tres-poemas-de-camila.html