aos dias de pôr, próxima aos do nascer

terça-feira, 20 de outubro de 2015

A que ela mais gosta

4 comentários:

Anônimo disse...

a mais linda poesia que já li!

Anônimo disse...

Nooooossa!
Anônimos, anônimas!
Acho que não se é preciso mais algo.
Concordam?

Anônimo disse...

Quem não precisa mais nada é a mulher dela.

Anônimo disse...

Bem verdade, hehehehehehehe!
Nós precisamos da poesia dela!
Dela tb kkkkkkkkkkkkkkkkk