aos dias de pôr, próxima aos do nascer

sexta-feira, 1 de janeiro de 2016

eu só tenho uma coisa a dizer sobre o ano novo:

eu só tenho uma coisa a dizer sobre o ano novo:

sexta-feira , 1 de janeiro

1º Dia do Ano 2016
dia de desejar o que quiser.


que é uma boa maneira de perdoar as coisas desagradáveis e recomeçar o novo.

aquele jeito de promessas e desculpas, zera o reloginho que, aos poucos, começa a contra pra trás.
parece um eufemismo a contagem regressiva. É bonito as pessoas entre abraços e desejos também. Pensar num desejo alheio sincero, é raro. 
É porque pensar a necessidade do outro exige menos narcisismo. 

mas era isso sobre o ano novo:
um eufemismo das coisas feias e doi menos e esquecemos mais fácil o que de ruim fizemos, começando do zero mais um ano novo! Zerado de forma redundante. 

a coisa que se mais fala é a de esquecer e perdoar.

e se disséssemos: lembrar e ensinar.
lembrar a vida e ensinar a sua origem, lembrar o pai, a mãe e ensiná-los a importância das frutas.

Pode ser assim, 
bem, ano que vem eu lembro isso. 




Nenhum comentário: