aos dias de pôr, próxima aos do nascer

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

um encontro de dois

depois que tocou o rosto
frente a frente,
abrolhamos
o abraço antes,
beijo por diante

o cheiro que se abre
devora, adentra
respiro a tua alma de aroma
num gemido profundo, 
amadeirado 



ah, como eu inspiro
e escorre teu transpiro
teu suspiro estremece meu ouvido
a tua vida treme-se na minha

ah, como brilha a fonte do teu olho
e aquece a minha boca de atrito
ah, como eu vou de um canto ao outro
e teu lábio descansa nesse movimento 


2 comentários:

Anônimo disse...

jogo de metáforas! perfect

Anônimo disse...

só de ler, imagina o que pensas