aos dias de pôr, próxima aos do nascer

terça-feira, 15 de março de 2016

elou

Amar é um elo
entre o dia e ontem
à noite
entre o pincel
e a tela
a tinta colorida
e o dia sem luz

Amar é o elo entre o significado
e o dia sem sentido

entre a estação do acaso
e o vagão que houve na vida

entre a curva do destino
e a do teu abraço

Amar é o elo
entre o nosso primeiro encontro
até o último amor
de quem habitará o céu

entre o primeiro beijo
até nossos infinitos aniversários
de amor

Amar é o elo
entre o nosso dia um
até o mês 10,
Dez mil.



entre amar e auferir amor
todos os milésimos de
Vida

Amor, tu és o meu elo
entre a paixão eterna
que exala afora daquele frasco
de liberdade

Amar é o elo
do amor que fica a cada beijo
registrado em nosso lábios,

nossos meses até o dia sem fim

Nenhum comentário: